Free songs

Fátima Bernardes Uma dama chamada Encontro

296442-970x600-1Nascida no bairro carioca Vaz Lobo, aos sete anos começou a cursar balé. Depois optou por cursar jornalismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pois pensava em trabalhar em mídia impressa. Em 1983, foi freelance do jornal O Globo, que a contratou dois anos depois como repórter do Jornal de Bairros. Em fevereiro de 1987 entrou para a Rede Globo de televisão após ser aprovada em um curso de telejornalismo da emissora. Meses depois passou também a apresentar o RJTV.  Em maio de 1989, entrou no lugar de Leila Cordeiro, no Jornal da Globo, dividindo a apresentação do telejornal com Eliakim Araújo e, em julho de 1989, passou a dividir a bancada com William Bonner, que viria a se tornar seu marido a partir de 1990. Em 1993, passou a apresentar o Fantástico ao lado de Celso Freitas e Sandra Annenberg. Em primeiro de abril de 1996, assumiu a apresentação e edição do Jornal Hoje.

Em 1997, após retornar ao Fantástico onde formou dupla com Pedro Bial, deu à luz aos trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz e, pouco tempo depois, em março de 1998, se tornou âncora do Jornal Nacional, o principal telejornal da emissora ao lado do marido William Bonner, cargo que ocupou até cinco de dezembro de 2011. Neste cargo, destacou-se, entre outras coisas, por ser a enviada especial da Rede Globo para a Copa do Mundo de Futebol (quatro no total). Fátima Bernardes também é recordista do prêmio cedido pelo programa Domingão do Faustão “Os melhores do ano” garantindo cinco estatuetas no decorrer dos anos de 2004, 2005, 2006, 2007 e 2012.

Em primeiro de dezembro de 2011, a Rede Globo anunciou em uma coletiva de imprensa mudanças na apresentação do Jornal Nacional. Após quase 14 anos, Fátima Bernardes deixou a bancada do telejornal em cinco de dezembro de 2011 para, segundo palavras dela, realizar um grande sonho: fazer um programa que já tinha seu formato definido e que entraria na grade da programação em 2012.

TVG20120218-Encontro-com-Fatima-BernardesAC-010jpgEncontro, a nova atração comandada por Fátima Bernardes é um marco em sua carreira.

A intenção da emissora com a exibição do programa de Fátima era mudar o perfil da audiência das manhãs. Segundo a coluna Outro Canal, do Jornal Folha de S. Paulo, de janeiro a maio de 2012, a faixa compreendida entre 10h30 e meio-dia tinha 34% de seu público com idade de 4 a 17 anos.

Campanha intensiva na mídia, cenário tecnológico e uma grande estrutura à disposição: estes foram alguns fatores que garantiram à estreia de “Encontro com Fátima Bernardes”, hoje, o maior ibope matinal registrado pela emissora desde 2006.

A jornalista Fátima Bernardes não esconde que está satisfeita desde que deixou a bancada do Jornal Nacional para ganhar seu próprio programa na Rede Globo. Em entrevista à revista Contigo, Fátima contou que agora tem mais tempo com os filhos e com o marido. “Todo dia espero William chegar em casa. É o mínimo que posso fazer, não? Mas a gente sai para jantar fora toda semana. Escolhemos pelo menos um dia por semana para fazer isso, só nós dois”.

Fátima Bernardes comemora um ano de “Encontro”

Para comemorar o sucesso de seu programa, a jornalista Fátima Bernardes reuniu sua equipe de trabalho em uma churrascaria carioca, na noite da quinta-feira (04/07).

Encontro com Fátima Bernardes” chegou à marca de 262 programas e um ano de trabalho duro no dia 25/06 quando a apresentadora fez uma celebração ao vivo.

“Estou feliz e cada dia mais à vontade. Eu acredito que encontramos a receita certa do programa, mesclando informações, discussões de temas importantes, matérias detalhadas, humor, música e interatividade com o público, em um tom informal que enfoca histórias comuns”, disse Fátima.

No estúdio, Fátima Bernardes interage com convidados, que podem ser selecionados de acordo com o assunto do dia. O bate-papo e as entrevistas pré-gravadas nas ruas conduzem o programa. Reportagens, jogos, debates, participação do auditório e de quem está em casa dão a tônica do Encontro.

A apresentadora conta com uma equipe fixa de colaboradores. O jornalista Lair Rennó informa notícias em tempo real, interagindo com os internautas. O comediante Marcos Veras dá o toque de humor aos temas abordados, seja presente no estúdio ou em matérias pré-gravadas nas ruas.

Perguntada se o ritmo do programa atrapalha seus hábitos alimentares, Fátima Bernardes foi enfática em dizer que de maneira alguma passa fome para manter-se em forma. Ela afirma que não pode ficar muito tempo sem se alimentar, pois a fome faz seu mau humor aumentar. Disse, ainda, que não se perde com ‘besteiras’ e só come coisas saudáveis.

Fátima-BernardesHistória

A Rede Globo já teve um programa com nome de Encontro, mas este ficou somente por um curto período no ar por volta de três meses, e era exibido no horário vespertino, inicialmente chamado de Encontro as Quatro, sendo um programa feminino apresentado por Paulo Araújo, Yara Sarmento e Léa Bulcão.

Quadros

Encontro com Fátima Bernardes tem vários quadros, que ajudam a conferir mais variedade ao programa. No Quadro de Ciência, o físico Cristian Annunciato, que trabalha em um projeto para tornar o ensino da ciência mais interessante para as crianças, vai ao palco para fazer experimentos e explicar fenômenos científicos. Entre as experiências mostradas, o cientista já ensinou a usar um extintor para fazer sorvete; utilizou o conceito da inércia para demonstrar uma brincadeira com ovos; usou as noções de atrito e resistência para transformar folhas de jornal em uma cadeira; e mostrou como a voz de uma pessoa pode ser modificada através de uma experiência com os gases hélio e hexafluoreto de enxofre. Todas as experiências realizadas no programa contam com a participação dos convidados especiais do dia.

Em Grande Personagem, pessoas anônimas, descobertas pela equipe de produção do programa, contam no palco suas experiências de vida.

Já em De Volta ao Passado, uma celebridade viaja a algum lugar marcante de sua vida e depois vai ao programa contar como foi reviver a experiência de voltar a esse local.

Em Quem tem Razão? mostra histórias dramatizadas, interpretadas por atores convidados pelo programa e baseadas em situações do cotidiano, problematizam um tema, colocando duas pessoas em lados opostos. O auditório e os internautas, através de votação, decidem quem tem razão na discussão em questão. Os temas são debatidos ao vivo, pela plateia e pelos convidados do dia.

Em Grandes Reportagens, jornalistas da emissora são entrevistados por Fátima Bernardes e homenageados no programa, com a exibição de trechos de reportagens que marcaram tanto suas trajetórias e a vida do país.

Tribos é o quadro que mostra como vivem diferentes comunidades e grupos sociais em diversas regiões do Brasil. Representantes dessas comunidades vão ao programa falar sobre seus costumes e padrão de vida.

Quadro de Blogs: uma vez por semana, a história de vida de um blogueiro conduz um tema que vem a ser desenvolvido no programa.

Soluções é um quadro quinzenal em que o programa acompanha o problema de uma pessoa e tenta ajudá-la, buscando soluções.

Apesar de manter a liderança de audiência no horário, Encontro com Fátima Bernardes chegou a preocupar a Globo. Mudou de cenário, de diretor, ganhou mais música, mais convidados famosos. E, ao que parece, está mesmo no rumo certo.

Segundo a própria Fátima, o programa passou a aproveitar melhor a participação dos famosos no contexto geral, e diz não se preocupar com os índices de audiência.

Conta que o desapego que teve com o “Jornal Nacional”, não foi o mesmo de quando deixou o balé. Evitou por anos ver espetáculos. Já o ‘JN’ gosta de visitar. Lá ouve: “Olha, a artista veio nos ver”.

E é com essa mudança, de “jornalista” para “artista”, que Fátima vem se acostumando. Ela tratou de explicar logo cedo para os trigêmeos, hoje com 15 anos, que o “papai” e a “mamãe” tiravam fotos com estranhos porque apareciam na TV.

Ela começa então a enumerar os fatos de sua vida que despertaram a atenção das pessoas. Casou-se com o âncora, teve trigêmeos, até o alisamento que fez no cabelo em 2002 virou notícia.

“Ai, como eu me arrependo. Não pensei que um cabelo fosse chamar tanta atenção”, diz a apresentadora, que hoje pauta as revistas femininas com figurinos mais ousados que os da época de bancada. “Eu queria morrer quando a vendedora dizia: ‘Chegou um blazerzinho que é sua cara! ‘. Blazer? Achavam que eu me vestia como no ‘JN'”, disse, entre risos.

Mas Fátima diz divertir-se mesmo com as revistas de fofoca. “Adoro comprar as que saem na capa: ‘Descubra o motivo da separação de William e Fátima’. Eu compro para descobrir por que a gente está se separando.”

Notícias do tipo ficaram mais frequentes quando ela deixou a bancada. Diziam que o casal estava em crise, e que a Globo temia uma briga no ar. “Cheguei a avisar meus filhos que esse tipo de notícia sairia. Mas logo veio uma viagem de férias e as revistas disseram que a gente viajou para salvar o casamento [risos].”